Músicas

Borboleta no asfalto

Rafael Figueiredo


Se a lágrima que cai do olho tem
O gosto da saudade no seu sal
Perdoa então a lágrima meu bem
Que o gosto do oceano foi buscar

Que saudade de ti
Por onde andará
Meu bem que foi embora
E não vai mais voltar

Se o gosto desse sal é teu também
Deixa de bobagem e vem pra cá
Mas se não sabe o sabor que ele tem
Todo gosto amargo vai ficar

No campo o alecrim é flor também
Cresce e nem precisa semear
E o vento traz o cheiro que ele tem
Com a intenção de me lembrar


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "122302" no campo.