Músicas

Navegante

Rafael Figueiredo


Quanto nó e quanta farpa
E depois quanta risada
O destino é um professor
Não há coração que desespere
Se há dedos na viola
Em peito de cantador

E eu, navegador de sonhos
Ei de manter as velas
Prontas para partir
Se acaso uma nuvem triste
Carregada de passado
Vier chover sobre mim

Mas, toda rua tem seu bosque
Todo bosque tem seu anjo
Todo anjo seu amor
Todo amor sua saudade
Que mora bem a vontade
Em peito de cantador



Cadastre-se para receber dicas, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "172203" no campo.