Músicas

Silencio

Rafael Figueiredo


O silêncio da sala
Longo e leve se espalha
Em mim

Todo som há de vir
Mas o momento é preciso
Pro nada existir

Só eu
A me ouvir
Não há
Quem possa fugir de si

O silêncio que varre
Cidades e vales
Vem me pedir

Que toda boca se cale
E o silêncio se espalhe
Em si



Cadastre-se para receber dicas, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "482202" no campo.